Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Ciop divulga balanço de ocorrências em 2019


Início do conteúdo da página
Notícias Gerais

Ciop divulga balanço de ocorrências em 2019

  • Publicado: Terça, 14 de Janeiro de 2020, 10h51
  • Última atualização em Terça, 14 de Janeiro de 2020, 11h18
imagem sem descrição.

Centro recebe cerca de 1,2 milhão de ligações para o 190 e o barulho continua no ranking

 A direção do Centro Integrado de Operações (Ciop), órgão que integra as seis instituições que compõem o sistema de segurança pública do Estado, avalia os dados do balanço de ocorrências do ano de 2019, registradas pelo Call Center 190 e pelo videomonitoramento, serviços prestados na Região Metropolitana de Belém (RMB).

No ano de 2019, o Ciop realizou com sucesso sua missão de mediar a comunicação entre os cidadãos e os órgãos de segurança pública do Pará. A central de chamadas 190, de janeiro a dezembro de 2019, recebeu cerca de 1,2 milhão de chamadas (1.271.953) na RMB, sendo que 1.162.531 foram chamadas atendidas. Acompanhe, abaixo, os resultados desse serviço no período de janeiro a dezembro de 2019.

 

DADOS DE CHAMADAS NO CALL CENTER 190

Estatísticas de Atendimento 190 e Despacho (janeiro a dezembro de 2019)

Classificação

TOTAL

%

Chamadas recebidas

1.271.953

-

Chamadas atendidas

1.162.531

100%

Ocorrências registradas

176.463

15,18%

Informações

193.721

16,66%

Trotes

97.406

8,38%

 

 Entre as ligações atendidas na central 190, verificou-se que 176.463 (15,18%) foram ocorrências geradas na RMB e 97.406 foram ligações falsas (8,38%), os chamados trotes. Isto é, o Ciop registrou uma média de 8 mil trotes por mês, que representa cerca de 270 ligações falsas diariamente. Percebe-se que o índice de trotes tem diminuído em relação aos últimos anos, confira:

Comparativo de trotes recebidos na RMB nos últimos seis anos

2014

2015

2016

2017

2018

2019

 

42%

35%

33%

18%

11%

8%

 

 

Comparativo de trotes recebidos na RMB em 2018 e 2019

ANO

TOTAL

VARIAÇÃO%

2018

146.200

- 33,37%

2019

97.406

 

Segundo o diretor do Ciop, coronel PM Rayol de Oliveira, o índice de trotes diminuiu como resultado de campanhas realizadas pelo Centro, porém ainda é expressivo e precisa ser combatido juntamente com a população. “Nós temos trabalhado diretamente com a população em comunidades, escolas e pelas redes sociais para conscientizarmos contra os trotes para o 190, e já tivemos um bom resultado em 2019. Para 2020, vamos intensificar os serviços e campanhas, sendo uma de nossas metas de trabalho o combate a ligações falsas para a central de chamadas do Ciop, pois cada ligação falsa realizada é um tempo precioso que atrapalha o atendimento de urgência e emergência em segurança pública”, assegura o gestor.

Sobre os tipos de ocorrências geradas na central Ciop 190, o maior índice em 2019 continua a natureza “Poluição sonora/perturbação do sossego alheio” com 63.361 (36%) ocorrências. Confira, abaixo, o ranking das 10 principais naturezas de ocorrências na RMB em 2019.

 

Ranking das 10 principais ocorrências via 190 (janeiro a dezembro de 2019)

 

Naturezas das ocorrências

TOTAL

%

Poluição Sonora/Perturbação do sossego alheio

63.361

36%

Atitude suspeita

16.055

9%

Lesão corporal

16.050

9%

Briga

8.344

4,8%

Roubo

7.133

4%

Drogas ilícitas

5.594

3%

Ocorrências com animais

5.146

3%

Acidente de trânsito

4.983

2,82%

Desordem

4.909

2,78%

10º

Veículos

4.670

2,65%

Outras ocorrências

34.587

40.218

                TOTAL

176.463

100,00%

 

Ainda, o diretor ressalta que os números são significativos e que representam um trabalho de responsabilidade que tem sido desenvolvido junto a população paraense. Nesse sentido, o oficial destaca a importância de focar em campanhas de conscientização contra a poluição sonora/perturbação do sossego alheio, que tem sido a principal ocorrência gerada pela população na central 190 há alguns anos. “Nossos dados mostram um espelho da sociedade. A população, em 2019, passou por muitas situações de poluição sonora, o que gerou a nossa maior parte de ocorrências de urgência e emergência em segurança pública no 190. Esse tipo de crime precisa ser combatido e evitado por todos os cidadãos. Por isso, vamos priorizar ações estratégicas para corroborar com as políticas públicas em prol da diminuição desse crime”, salienta o gestor.

Coronel Rayol, também, frisa que o trabalho mais eficaz a ser realizado para combater o alto índice de ocorrências de poluição sonora é a conscientização. “Se respeitarmos os limites legais preestabelecidos para manter a boa convivência social, todos poderão desfrutar de tranquilidade nos finais de semana e no dia a dia”, diz. Sobre o protocolo de atendimento desse tipo de ocorrência, o gestor explica como ocorre no Centro. “A partir dos dados registrados nas ocorrências e avaliação dos casos, mediados no atendimento 190, são encaminhadas as ocorrências aos órgãos competentes para o atendimento no local, como a DEMA ou até mesmo a Polícia Militar”, esclarece o oficial.

 

OCORRÊNCIAS PELO VIDEOMONITORAMENTO

O Ciop também registra ocorrências oriundas do serviço de videomonitoramento de segurança pública, que atualmente observa 211 câmeras, sendo 10 na ponte da Alça Viária no Rio Moju, para acompanhar as obras no local, e 201 câmeras distribuídas estrategicamente na RMB, sendo que, na capital paraense são distribuídas em 28 bairros, além de Ananindeua, Icoaraci, Ilha de Mosqueiro, Marituba e Outeiro, em complemento às operações realizadas no Ciop. As imagens também podem subsidiar processos e procedimentos investigatórios. Ainda, frisa-se que há oito câmeras de videomonitoramento destinadas à Susipe, com monitoramento e operação deles.

Em 2019, o Ciop registrou 220 ocorrências geradas via videomonitoramento na RMB. Confira o ranking das 05 principais ocorrências visualizadas pelas câmeras de segurança pública:

1) Acidente de trânsito;

2) Atitude suspeita;

3) Consumo/tráfico de drogas;

4) Furto/roubo

5) Manifestação.

Veja, a seguir, o percentual de ocorrências geradas via videomonitoramento, no ano de 2019: 1) Janeiro: 20,45%, 2) Fevereiro: 14,54%, 3) Março: 20%, 4) Abril: 12,27%, 5) Maio: 6,36%, 6) Junho: 7,27%, 7) Julho: 4,09%, 8) Agosto: 7,27%, 9) Setembro: 0%, 10) Outubro: 4,54%, 11) Novembro: 0,45% e 12) Dezembro: 2,72%.

 

SOBRE O CIOp

A missão desse Centro é mediar a comunicação entre o cidadão e os órgãos de segurança pública do Pará (Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil, Detran, Susipe e Centro de Perícias Científicas Renato Chaves), possibilitando o registro de ocorrências de urgência e emergência na área de segurança pública, permitindo o despacho oportuno de guarnições com o objetivo de promover um atendimento estratégico na RMB.

Texto: Edenice Pereira (Ascom CIOp)

Fotos: Leandro Santana

registrado em:
Fim do conteúdo da página